Rádio Planeta Reggae

Enah Ha


Enah Ha - Ao Vivo (2000)

01. Assim Enarou Bob Marley
02. Quando O Reggae Bate
03. Lobo Mau
04. Trapaça do Sasi Pererê
05. Cibele (Intenet)
06. Mamãe Bahia
07. Ele Chamou de Meu Amor
07. Vitímas
09. Pérolas Ao Porcos
10. Microcefalia
11. Assim Enarou Bob Marley - Apresentação

A expressão Enah-Ha quer dizer coisas boas, positivas e este é o nome do cantor de reggae, paranaense nascido em Santo Antônio da Platina, ao norte do Paraná, que está lançando seu décimo CD "Ecológico", em São Paulo. Em visita a redação do jornal Primeiro Lance, fala do lançamento de seu novo trabalho e da turnê que fará pelo país em busca de novos rumos para sua música. Com este trabalho Enah-Ha pretende percorrer as cidades de Porto Alegre, Florianópolis, Curitiba, Ponta Grossa, Maringá, Londrina, Campo Grande, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador, Recife, Fortaleza e São Luís. No final do ano, retornará a capital para um evento no Parque do Carmo, zona leste. Em uma das últimas e recentes apresentações que fez em São Paulo, Enah Ha irá participar dos eventos comemorativos do aniversário da cidade de São Paulo. Ele disse que sua música como na maioria das composições de reggae pretende ser uma mensagem aos líderes do mundo. Suas letras buscam tocar com profundidade aliada a um som aveludado que em alguns casos produz uma batida sincopada idêntica ao pulsar de um coração. O objetivo da obra é fazer as pessoas raciocinarem, mesmo que não estejam totalmente preparadas para isso, enfim, o reggae como uma música espiritual penetrando na alma. "Quando faço uma letra penso nas crianças, que estão ouvindo. Direta ou indiretamente estarei influenciando o futuro delas. Pensando assim, Deus sempre dá para mim inspiração para uma canção", comenta. Expressando uma espiritualidade que se faz sentir no seu trabalho, Enah Ha considera que Deus nos ensina a cada segundo e nós ainda não aprendemos a cuidar de nós mesmos. "Ele criou o homem mas desde o princípio o homem permitiu que o ódio se apossasse de seu ser. Deu ao homem o raciocínio e ele não o usou de força positiva caindo em tentação. Esse raciocínio serve mais as coisas infundadas e ainda dizem serem cristãos e verdadeiros ao Senhor. É com esses desvios de caráter que o homem se constrói poluindo o ar, o solo, super aquecendo o planeta e semeando valores egoístas".